Estilista John Galliano é preso e afastado da Maison Dior

0
48

John Galliano
O estilista foi detido e suspenso da Maison Dior poucos dias antes do lançamento de sua coleção

O estilista britânico John Galliano foi  suspenso pela direção da Maison Dior nesta sexta (25) após ter se envolvido numa confusão em um bar, localizado no bairro judeu de Paris.

Segundo policiais, Galliano foi detido bêbado após  ter feito insultos antissemitas e racistas a um casal, com quem teria chegado a trocar tapas.

Testemunhas afirmam que, o tumulto começou quando Galliano sentou-se ao lado do casal no bar, que o confundiu com “um vagabundo que tentava puxar conversa”, chamado o estilista de “imundo e nojento”.

Alcoolizado, Galliano teria dito à mulher: “Você é feia, e sua bolsa de merda é horrível também” e teria insultado o casal dizendo, em inglês: “Seu judeu de cara suja, você devia estar morto!” e “Seu asiático desgraçado de merda, eu vou te matar!

Galliano foi levado à delegacia pela polícia, que realizou um teste de bafômetro onde foi confirmada a sua embriaguês.  Lá o estilista disse que a discussão foi causada pelo stress da semana de moda de Paris, que começa na próxima segunda-feira, na qual o desfile da Dior é sempre centro de atenções. Sem nenhuma acusação formal, Galliano foi acompanhado de volta para casa.

Em comunicado oficial, a Dior afirma com a máxima convicção sua política de tolerância zero em relação a qualquer palavra e comportamento racista e antissemita. John Galliano, que desde 1999 dirige todas as linhas femininas da Dior, foi afastado até a conclusão do inquérito.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here